TELEVENDAS (11) 2500-0025

(11) 94736-7634

Medicina do Sono

Ciclos do sono

Estudos sobre o sono determinaram diferenças fundamentais entre o período do sono. Analisando as ondas cerebrais, descobriu-se que essas se modificam de acordo com cada etapa, estabelecendo estágios cíclicos, que foram divididos em REM e não-REM.



Um ciclo completo de sono dura cerca de uma hora e meia, passando por quatro fases não-REM e uma REM. Durante o sono, há oscilações entre o período de total relaxamento e períodos de vigília: o sono não-REM. Há uma diferença também significativa entre os períodos de sono REM durante o nosso sono, já que o primeiro sono REM é menor que o segundo e assim sucessivamente. Ocorrem ciclos de período não-REM seguidos de período REM, ocasionando de três a cinco ciclos por noite de sono.



A existência de ciclos diferentes é uma estratégia do corpo para se manter em segurança. Como o sono REM estabelece uma entrega total do corpo, seria perigoso se entrássemos nesse ciclo assim que nos sentíssemos cansados, independentemente de estarmos em casa, ou em outro local seguro.



Pouco antes de adormecermos, as ondas beta (produzidas quando estamos acordados) são substituídas por ondas alfa, que indicam um estado de profundo relaxamento. De 5 a 20 minutos depois, corpo e mente estão prontos para o primeiro estágio do sono.



Sono REM

(Rapidy Eye Moviment)


Ocupa apenas 20% do total de horas dormidas, mas é tão importante que todo o resto do sono foi batizado de não-REM. Fluxo sanguíneo, freqüência cardíaca, respiração, temperatura e pressão sanguínea aumentam. Os olhos se movem rapidamente. Esse é o estágio em que sonhamos: nosso cérebro fica ativo, mas nosso corpo permanece imóvel, pois o córtex cerebral bloqueia as atividades motoras, um mecanismo de segurança para que não saiamos por aí, executando os movimentos que surgem em nossos sonhos. Se uma pessoa for acordada durante esse estágio, provavelmente se recordará do sonho que estava tendo de forma mais nítida e vívida.


O primeiro período REM ocorre de 70 a 110 minutos após o início do sono e tem normalmente 5 a 15 minutos de duração. Os quatro a seis estágios REM pelos quais passamos numa noite vão aumentando sua duração progressivamente, enquanto os estágios três e quatro ficam menores.


Sono não-REM


Estágio 1:

Estágio de transição entre a vigília e o sono, o chamado "meio sono". Pode durar de 10 segundos a 10 minutos. A respiração fica mais profunda, os músculos começam a relaxar e entramos num sono bem leve. Esse relaxamento pode dar a sensação de queda que às vezes sentimos ao adormecermos.

Estágio 2:
Tem duração de 10 a 20 minutos. É o começo do sono propriamente dito, já que ficamos alheios aos estímulos sonoros e visuais. Representa de 45 a 55% do período total de sono.

Estágios 3 e 4:
Ocorre a produção de ondas cerebrais de baixa freqüência, sendo chamado de sono de ondas lentas. É nessa fase, chamada de sono delta, que o hormônio de crescimento é liberado e a recuperação muscular acontece. Depois de 30-40 minutos no estágio 4, você regride para o estágio 3 e 2, mas ao invés de voltar ao 1, entra em REM. É o sono mais profundo e representa cerca de 25% do período total de sono.

+ DÚVIDAS?

FALE COM UM ESPECIALISTA

(11) 2500-0025 seg a sáb das 09:00 as 19:00 hs (11) 94736-7634
seg a sex das 09:00 as 19:00 hs